Quero aprender norueguês – Meu plano de estudo autodidata

Bom dia!

Estou em reta final na faculdade e dando saltos de alegria, mais uma etapa finalizada com sucesso, assim espero. Julho vem aí e o plano é estudar! já comecei a coletar on-line um material para aprender norueguês e assim que conseguir carregar tudo para o google drive (com minha internet abençoada #sqn) disponibilizo tudo aqui em um outro post que estou preparando, mas já adianto que consegui coisa pra caramba! Feliz feliz!!!
Pra não ficar sem foco em meio a taaantas informações e materiais, resolvi criar um roteiro de estudos, metas e atividades, assim ficará tudo organizadinho e eu poderei ver minha evolução. Incluo no roteiro os quatro níveis de ações que envolvem o aprendizado de um idioma: ler, escrever, falar, ouvir/entender.
Além disso, como faço curso de inglês no CLEC e estarei de férias também, incluí no roteiro o estudo do inglês para não correr o risco de esquecer o que já aprendi. Então minhas tardes ficarão organizadas assim:
As atividades duram cerca de 1 hora cada e eu pretendo estudar todos os dias durante o período da tarde. Incluí também o chat on-line em norueguês mas claro que isso será beeem depois quando eu já tiver uma melhor compreensão do idioma e um vocabulário que torne possível qualquer conversa simples. Lembro que quando eu comecei a estudar inglês ano passado me aventurei logo na primeira semana nos chats on-line. Me inscrevi no badoo na primeira semana de curso e saí falando com todo mundo usando o tradutor do capeta google translator e explicando que era meu primeiro dia de aula e que eu não era capaz de entender nada do que eu escrevia e colava ali. Hahaha.
Era divertido porque como o tradutor traduz sem a menor lógica e não segue as regras gramaticais, às vezes eu dizia coisas absurdas e que hoje me matam de rir quando eu lembro! Mas esse período foi bom porque eu ganhei vocabulário. A medida que eu escrevia no tradutor e copiava para colar no chat, eu tinha o cuidado de ler o que ele traduzia, e mesmo não seguindo regras gramaticais, as palavras eram traduzidas certinhas e eu acabei absorvendo muitas palavras nesse período, que durou cerca de três meses. Depois desse período inicial no curso eu passei a escrever por conta própria e checar o tradutor apenas para algumas palavrinhas que uma hora ou outra surgiam. E pasmem, eu mal me dei conta de quando comecei a entender e escrever por mim mesma! Então já sei que esse caminho me ajudou com o inglês e pode me ajudar com o vocabulário em norueguês também.
Outra coisa que eu gosto muito de fazer é escutar músicas para ajudar na compreensão e pronúncia das palavras. Escolho um artista/banda, seleciono algumas das minhas músicas prediletas e imprimo toda a letra e tradução. As semanas seguintes são dedicadas inteiramente a ouvir incansavelmente essas músicas até que elas não saiam da minha cabeça e eu aprenda a cantá-las do início ao fim. 
Com essas duas práticas eu desenvolvo as quatro habilidades e vou me soltando e compreendendo mais o idioma (pelo menos foi assim com o inglês). Então esse é o plano: estudar, estudar e estudar!
Norsk, aí vou eu!

Related Stories

Discover

The Ultimate Africa Travel Bucket List

There are times when you wish you could get away from it all by...

Which Resort in Mauritius is Right for You?

There are times when you wish you could get away from it all by...

How to Choose the Right African Safari

There are times when you wish you could get away from it all by...

Jungle Getaway in the Heart of Cameroon

There are times when you wish you could get away from it all by...

Best Spots to See Wildlife in the U.S.

There are times when you wish you could get away from it all by...

California Desert Travel Tips & Insights

There are times when you wish you could get away from it all by...

Popular Categories

Comments

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Pular para a barra de ferramentas